Entenda a importância de um ambiente de trabalho agradável

Entenda a importância de um ambiente de trabalho agradável

Entre os aspectos que tornam uma empresa um ambiente de trabalho agradável, os principais fatores verificados citados são valor da marca e a remuneração paga aos funcionários.

A maioria dos gerentes seniores acredita que esses dois elementos são suficientes para atrair e reter talentos para suas organizações. No entanto, uma das coisas mais importantes que não é levada em consideração é a cultura da empresa, que desempenha um papel decisivo na retenção de pessoas em uma organização.

A cultura de trabalho é um ecossistema intangível que torna alguns locais ótimos para trabalhar e outros locais tóxicos. Um ambiente de trabalho agradável é o elemento capaz de estimular o bom desempenho dos colaboradores. Vejamos por quê:

Um ambiente de trabalho agradável estimula a positividade

Um ambiente de trabalho agradável define a capacidade de liderança de uma organização e a capacidade dos funcionários de se relacionarem uns com os outros para o bem comum da organização, e a operarem dentro de um limite mutuamente acordado e aceitável de valores culturais e interface emocional.

É amplamente difundido que um ambiente de trabalho positivo pode estimular ou estragar o desempenho das pessoas que nele convivem, seja esse ambiente uma escola, uma faculdade ou um local de trabalho.

Não importa o quão talentoso e inteligente um colaborador seja, só é possível desenvolver o melhor de suas capacidades e habilidades criativas quando estiver cercado por um ambiente encorajador que valorize os recursos humanos.

É por isso que a cultura da empresa é tão importante para desenvolver o melhor de seus funcionários, mesmo em circunstâncias adversas. A negatividade não apenas mata a criatividade e a vontade de realizar, ela também não permite que o funcionário desenvolva um senso de afeto e propriedade com a organização.

Os seres humanos são fundamentalmente simples e um ambiente de trabalho positivo afeta a maneira como eles pensam, agem e refletem, o que acaba prejudicando a empresa.

Os colaboradores se sentem valorizados em um ambiente de trabalho agradável

Gastamos mais de um terço da nossa vida no nosso local de trabalho. Naturalmente, se o seu colaborador estiver feliz e satisfeito no trabalho, esse sentimento refletirá em sua personalidade e crescimento como ser humano.

O impacto coletivo de um bom ambiente de trabalho reflete no aumento da produtividade e na satisfação dos funcionários. Além disso, o ambiente de trabalho agradável também causa impacto na personalidade geral das pessoas que trabalham em uma organização.

Seus funcionários acordam todos os dias ansiosos para mais um dia de trabalho ou se arrastam para o local de trabalho contando os dias até o fim de semana? Eles se dedicam a organização tanto quanto você?

Somente um local que valoriza os seus funcionários, trata-os com confiança e incuta um senso de confiança e coesão entre os trabalhadores pode alcançar a dedicação dos funcionários para com a sua empresa.

Incentivos e avaliações de funcionários nem sempre são suficientes para motivá-los a trabalhar para alcançar o resultado desejado pela organização. Às vezes, em circunstâncias extremamente desafiadoras, quando um esforço coletivo é necessário para salvar o dia da organização, é o amor e o carinho que os funcionários sentem em relação ao seu local de trabalho o que acaba sendo um fator decisivo.

Uma organização cujos funcionários tenham um profundo senso de lealdade e propriedade em relação ao seu local de trabalho, é uma organização que tem um longo caminho de sucesso a percorrer. Um funcionário que ama sua organização espalhará bons sentimentos e será fundamental para atrair bons recursos humanos para a organização.

Uma chave para a retenção de talentos

Ao contrário da crença comum, a remuneração e as avaliações positivas não são os únicos fatores que vinculam os funcionários a uma organização por um período mais longo. A felicidade e a satisfação é o que estimula um colaborador a permanecer na organização.

Um funcionário insatisfeito, que sente que suas ideias não estão sendo ouvidas e que não está desenvolvendo o seu trabalho como gostaria, será o primeiro a procurar outra oportunidade de trabalho, mesmo que seja bem remunerado.

Além de encorajar a opinião dos funcionários, outros fatores que tornam uma organização um ambiente de trabalho agradável incluem: respeito pelo espaço privado dos funcionários (que é evidenciado por uma política de não perturbá-los nos dias de folga, a menos que seja absolutamente urgente) e incentivá-los a assumir novos desafios e oportunidades no trabalho.

A cultura de trabalho é importante para a organização, pois afeta diretamente a capacidade de atrair e reter talentos. Um local de trabalho positivo é refletido nas relações de trabalho positivas que existem no local de trabalho e se reflete na preocupação e no cuidado genuíno que os empregados demonstram com relação uns aos outros.

Um local de trabalho positivo terá um grau mais alto de engajamento dos funcionários, à medida que os funcionários respondem positiva e ativamente às iniciativas organizacionais. Um local de trabalho negativo reflete um ambiente de trabalho com empregados desmotivados e em funcionários trabalhando isoladamente e não como um time.

Quer saber mais sobre a importância de um ambiente de trabalho agradável? Curta nossa página no Facebook e acompanhe todas as novidades que publicamos por lá!

Compartilhar esse post

Escritório ou Home Office: qual a melhor escolha?

Escritório ou home office: qual a melhor escolha?

Se a sua empresa permitisse trabalhar em casa você aceitaria? Algumas pessoas se sentem mais produtivas trabalhando de chinelo e calça de moletom do que de jeans e camisa social. Você teria mais tempo para se dedicar a sua família se não tivesse que passar duas horas no trânsito diariamente ou sentiria falta do ambiente corporativo?

Se sentiria solitário? Se a solidão for um problema, ela pode ser contornada — as videoconferências, chamadas telefônicas e o acesso remoto podem fazer com que você se sinta no seu escritório quando na verdade está em casa. Mas esse não é o único problema de trabalhar em casa, não é mesmo?

Se você está confuso sobre qual opção é a melhor para você — escritório ou home office — aqui estão algumas coisas que podem te ajudar na decisão:

Escritório ou home office? O lado positivo de trabalhar em casa

Tempo economizado = mais tempo para você

A maior vantagem de trabalhar em casa é economizar o tempo gasto indo e voltando do trabalho. Isso significa não ter mais que pular o café da manhã, passar mais tempo com seus filhos e poder ler o jornal em vez de ficar preso trânsito.

O seu dia começará de forma tranquila e a correria para chegar ao escritório deixará de existir. Reservar tempo para si mesmo é sempre muito difícil, portanto um tempo extra logo pela de manhã fará você feliz e, consequentemente, o seu dia mais produtivo.

Você define seu horário de trabalho

Sem relógio de ponto, o seu horário de trabalho será definido por você. É possível começar um pouco mais cedo e recomeçar o trabalho mais tarde depois do almoço. Contanto que você trabalhe as horas necessárias e faça bem o seu trabalho, não há problema algum em mudar seu horário.

Todos os dias podem ser casuais

As videoconferências podem exigir que você se vista mais formalmente. Mas, tirando esses momentos, trabalhar de calça de moletom e pijama é completamente possível. Se vestir casualmente todos os dias? Por que não? Dependendo do nicho, isso é possível.

O lado negativo de trabalhar em casa

Escritório ou home office? Trabalhar em casa pode ser solitário

Trabalhar em casa é como confinamento solitário. Todos ansiamos por interações humanas e, às vezes, videoconferências e telefonemas não satisfazem essa necessidade. Mesmo que você possa entrar em contato com seu escritório, não terá mais o apoio constante de seus colegas e supervisores.

Problemas técnicos demoram para serem resolvidos

Claro, quando tudo funciona trabalhar em casa é fantástico, mas se a internet parar de funcionar ou se você perder o acesso à intranet da sua empresa? Como vai realizar seu trabalho?

A maioria das empresas possui um suporte técnico projetado para lidar com funcionários externos, mas você nunca receberá o mesmo nível de suporte que receberia trabalhando no seu escritório.

Trabalhar em casa exige disciplina 

Você já pensou que trabalhar em casa requer muita disciplina? É muito fácil começar a navegar na web ou se dedicar a tarefas domésticas que precisam ser feitas. Quando se trabalha em casa, as distrações são muitas, e é preciso muito foco e dedicação para evitá-las.

Escritório ou home office – O lado positivo de possuir o seu escritório

Agora você deve estar se perguntando, se eu não tenho que me vestir e passar duas horas preso no trânsito todos os dias, por que eu iria querer montar um escritório? Entre escritório e home office não pode haver dúvida, não é mesmo? Bem, já pensou em quão positivo e gratificante pode ser trabalhar no seu próprio escritório?

Atrair talentos

O escritório de um profissional é um indício de seu profissionalismo. Tudo, desde a sua saúde financeira até a sua filosofia de trabalho pode encontrar expressões nas paredes desse espaço físico. Há uma razão pela qual algumas empresas famosas são reconhecidas por seus célebres escritórios — esse espaço é uma das formas de uma marca comunicar sua essência.

Entre os benefícios dessa comunicação, talvez o mais importante seja o potencial que essas marcas têm em atrair talentos. Eles querem saber que o espaço físico em que estarão trabalhando é atraente e confortável. Afinal, eles passarão a maior parte do tempo lá. E, claramente, eles não terão essa impressão se sua empresa for uma sala entre a cozinha e o quarto.

Escritório ou home office? Montar um escritório melhora o seu network

Você pode melhorar o seu network ao montar o seu escritório. Como, em geral, um escritório fica em um prédio comercial, é possível estabelecer contato com muito profissionais que podem se tornar parceiros de negócios.

Um escritório decorado por você

Se o seu escritório é como a maioria, tem uma parede de janelas e algumas mesas e cadeiras. Mas, ao montar o seu escritório a decoração será do seu gosto — o espaço será projetado para ser o mais funcional possível. Além disso, você poderá investir em móveis ergonômicos, que além de bonitos são muito confortáveis, o que garantirá que você não chegue todo dolorido ao fim do dia.

Espaço para reuniões

Reuniões são mais produtivas no seu escritório ou home office? Se você gosta de reuniões que começam no horário e funcionam sem problemas, considere seriamente um espaço de trabalho organizado para a sua realização.

Um dos maiores mitos sobre trabalhar em casa é que, graças às ferramentas de videoconferência como Skype, Google Hangout e Vidyo, você não precisa se encontrar pessoalmente com seus clientes.

Porém, problemas de conectividade de rede podem surgir e fazer com que leve de 10 a 15 minutos para que todos possam simplesmente ouvir e ver um ao outro. Isso não será um problema se todos estiverem no mesmo espaço.

Escritório ou home office? O lado negativo de montar o seu escritório

O trajeto

Uma das maiores vantagens de trabalhar em casa é, por sua vez, a maior desvantagem de trabalhar fora de casa. É possível gastar mais de três horas indo e voltando para o seu escritório todos os dias. Tráfego, congestionamento e tempo desperdiçado contribuem para o estresse.

Você já teve que sair do trabalho cedo para chegar ao jogo de futebol do seu filho ou em uma reunião de pais e professores? O tempo extra necessário para ir e voltar ao trabalho é um desperdício de tempo que poderia ser gasto de uma maneira muito mais produtiva.

Algumas pessoas estão mais felizes trabalhando em um escritório próprio e outras pessoas se sentem mais felizes trabalhando em casa. É preciso pesar suas opções e decidir qual a melhor solução para você: escritório ou home office.

Você prefere trabalhar em um escritório ou home office? Comente com a gente!  Também Curta a nossa página no Facebook e não perca mais nenhuma novidade do nosso blog!

Compartilhar esse post

6 dicas para manter a boa postura sentado

A postura correta para sentar na cadeira evita a dor nas costas e previne sérias lesões na coluna vertebral. As 6 dicas para manter a boa postura sentado são:

  1. Não cruze as pernas e deixando-as ligeiramente afastadas, com os pés bem apoiados no chão, mas é importante que a altura da cadeira seja a mesma distância entre seu joelho e o chão.
  2. Sente sobre o ossinho do bumbum e volte o quadril levemente para frente;
  3. Mantenha as costas eretas, mantendo a curvatura normal da coluna. A lordose deve existir mesmo sentado e, ao ser observado lateralmente, a coluna deverá formar um suave S;
  4. Posicione os ombros levemente para trás;
  5. Os braços deverão estar pendidos ao longo do corpo ou os antebraços deverão estar apoiados na mesa de trabalho;
  6. Olhe para o horizonte e mantenha o queixo paralelo ao chão. Evite ao máximo ter que baixar a cabeça para ler ou escrever num computador, se for preciso suba a tela do computador.

A cabeça pesa em média 5 kg e, se baixar a cabeça para ler, a coluna terá que suportar um peso como se a cabeça pesasse 13 kg, o que pode provocar dor de cabeça, dor nas costas, nos ombros e até mesmo hérnia de disco.

Quando o indivíduo senta-se mantendo a boa postura há uma distribuição uniforme das pressões sobre os discos intervertebrais e os ligamentos e os músculos trabalham harmoniosamente, evitando um desgaste de todas as estruturas que sustentam a coluna.

Fonte:  (Fisioterapeuta)
Compartilhar esse post

Dicas para escolher cerâmicas ou porcelanatos

Qual a diferença entre cerâmica e porcelanato

Para começar, é preciso decidir se o material adquirido vai ser uma cerâmica comum ou um porcelanato. O porcelanato na verdade é um tipo de cerâmica, porém produzido através de um processo um pouco diferente, que o torna mais resistente. É por isso que o preço também é maior do que o das cerâmicas comuns, embora exista uma diferença muito grande de valor entre os próprios porcelanatos, dependendo de suas características.

Tipos de acabamento de cerâmicas e porcelanatos

As cerâmicas e porcelanatos podem ser lisas ou texturizadas. Quando são lisas, elas podem ser polidas (com brilho) ou foscas (sem brilho), dependendo do visual desejado. Quando são texturizadas, o visual é sempre fosco.

Além da cor e do desenho, existem também diferentes tipos de acabamento, que podem ser esmaltados (código GL) ou não (código UGL). As cerâmicas e porcelanatos que não são esmaltados são os naturais ou de massa plena, que têm acabamento mais rústico. Já os esmaltados têm uma camada que protege um pouco mais de manchas e de substâncias químicas. Quanto maior essa proteção, maior o índice “PEI” que aparece nas caixas de cada material.

Cerâmicas e porcelanatos antiderrapantes

O piso precisa ser antiderrapante nas áreas externas, que ficarão em contato com a água e por isso podem se tornar escorregadias. E também é interessante que o piso de escadas seja antiderrapante, para evitar acidentes com calçados de sola muito lisa ou desgastada.

O que faz uma cerâmica ou porcelanato ser antiderrapante é a sua textura bem irregular, como nas peças de acabamento rústico, ou então um tratamento feito através do esmalte. A segunda opção tem a vantagem de ser mais fácil de ser limpa, pois a cerâmica esmaltada fica menos absorvente.

Tipos de borda de cerâmicas e porcelanatos

O tipo de borda de uma cerâmica ou porcelanato é o que determina o tamanho do rejunte a ser utilizado. Quando o material é retificado, ou seja, tem a borda reta, dependendo da especificação do fabricante é possível usar juntas mais estreitas entre as peças, com 1 a 2 mm, ou então fazer a chamada “junta seca”, que não tem rejunte e fica mais imperceptível ao olhar para o piso como um todo.

TIPOS DE BORDA CERÂMICAS E PORCELANATOS

Quando a cerâmica não é retificada, ela também é chamada de “bold”, e tem um pequeno chanfro na borda, deixando as laterais um pouco mais baixas do que o restante da peça. Nesse caso as juntas precisam ter cerca de 3 a 8mm de largura. A medida de rejunte necessária em cada material vem sempre indicada na caixa, inclusive na cerâmica retificada, e precisa ser seguida para manter a durabilidade do revestimento e também para impedir problemas de alinhamento, já que as cerâmicas bold, ao contrário das retificadas, podem ser levemente diferentes umas das outras no tamanho de cada peça.

Quantidade de peso suportado pela cerâmica

Outra característica importante na hora de escolher cerâmicas ou porcelanatos é a quantidade de peso suportada por cada material. Essa informação é dada pelo tráfego ideal de cada modelo, que pode ser baixo, alto ou moderado. Sendo assim, locais com muito movimento de pessoas ao mesmo tempo ou então que precisem suportar o tráfego de veículos, como garagens por exemplo, precisam de cerâmicas que sejam recomendadas para alto tráfego. Caso contrário ela pode se quebrar durante o uso.

Compartilhar esse post