Como criar uma clínica terapêutica legalizada?

O que é preciso para criar uma clínica terapêutica legalizada?

O Brasil é um país de empreendedores. O porcentual de brasileiros envolvidos na criação de uma empresa é superior ao de países como Alemanha e Estados Unidos, por exemplo.

Se você também tem espírito empreendedor, talvez deseje criar uma clínica terapêutica. Para isso, você pode fazer parcerias com outros profissionais, procurar um local adequado e fornecer um atendimento de alta qualidade para àqueles que buscam combinar tratamentos complementares a seus tratamentos médicos.

“Mas, afinal, por onde começar?”.

Neste conteúdo disponibilizamos seis dicas para ajudá-lo no difícil caminho para criar uma clínica terapêutica. Confira quais são elas:

Faça uma pesquisa de mercado

Pesquise a região onde você deseja abrir uma clínica terapêutica. Essa pesquisa precisa ser detalhada e incluir itens como: quantas clínicas existem nessa mesma região, os tipos de terapias que elas fornecem e se essas clínicas se dedicam a algum público específico.

Além disso, busque informações detalhadas sobre os tipos de terapias e tratamentos alternativos que as pessoas mais procuram. A partir dessa pesquisa, você pode determinar o grupo de profissionais de saúde que poderiam trabalhar em conjunto com você.

Faça boas parcerias

Existem várias maneiras de encontrar e abordar parceiros em potencial. Você pode ir a eventos destinados a profissionais que trabalham com terapias alternativas ou participar de grupos e fóruns online. Nessas ocasiões, aproveite para discutir a possibilidade de começar a oferecer referências uns dos outros.

À medida que sua prática individual crescer, digamos, de um consultório em casa para a necessidade de criar uma clínica terapêutica, você pode considerar a possibilidade de firmar uma sociedade com alguns desses profissionais e até mesmo adicionar novas pessoas ao grupo.

Ofereça bons tratamentos alternativos

Alguns dos tratamentos mais populares incluem acupuntura, aromaterapia, fitoterapia, homeopatia, reiki e acupuntura. Você também pode considerar focar em diferentes especialidades terapêuticas como medicina esportiva, cuidados para a mãe e o bebê, maternidade, idosos ou cuidados para toda a família. Isso é uma maneira de diferenciar a sua clínica da multidão.

Por exemplo, criar clínica terapêutica para mães e bebês permite que você ofereça serviços estimulantes à amamentação e cuidados e tratamentos de relaxamento voltados para mães e seus bebês.

Uma clínica voltada para a mulheres grávidas pode oferecer doulas, aulas de ioga específicas para a hora do parto, reiki e aromaterapia.

Uma clínica terapêutica voltada para a área esportiva pode oferecer suporte ao tratamento recomendado por um fisioterapeuta, e até mesmo vender alguns tipos de tênis ou roupas.

Como criar uma clínica terapêutica?

Invista em publicidade

A melhor publicidade é a propaganda boca a boca. Portanto, como mencionado acima, ter uma rede de referências formada por profissionais parceiros ajudará sua clínica terapêutica a se estabelecer como um local confiável e bem referenciado.

Investir em um site também é muito importante, uma vez que grande parte dos seus pacientes descobrirão a sua clínica e os serviços oferecidos por ela ao fazer uma pesquisa online.

Lembre-se: quanto mais informações você puder fornecer sobre seus serviços e sobre suas qualificações profissionais, maior a chance de converter visitantes em pacientes.

Por último, mas não menos importante, não deixe de colocar um anúncio no jornal do seu bairro comunicando aos moradores o dia e a hora da inauguração da sua clínica. Oferecer um dia aberto para a comunidade permitirá que você conheça e cumprimente clientes em potencial e mostre todo o seu conhecimento e como a sua clínica poderá melhorar a vida de cada morador.

Ofereça aulas gratuitas

Uma boa maneira de atrair as pessoas para sua clínica é oferecendo aulas alternativas relacionadas à saúde. Ioga, massagem em bebês, aromaterapia e automassagem são apenas algumas formas de se estabelecer como um especialista na sua comunidade.

Também é importante preparar um livreto de políticas da sua clínica e compartilhar com seus pacientes. Esse livro deve conter informações como o preço de cada aula e de cada tratamento oferecido, políticas de cancelamento e reservas, horário de funcionamento e quaisquer outras informações importantes que possam ser do interesse dos seus clientes.

Não se preocupe em comprar todos os móveis da sua clínica

Para diminuir os custos iniciais que você teria ao criar uma clínica terapêutica, é possível alugar os móveis e os equipamentos da sua clínica ou fazer com um plano de financiamento que possa ser diluído durante o primeiro ano de funcionamento.

Além disso, não deixe de contratar um seguro, nem que seja um plano básico que cubra os prejuízos que possam ser causados por incêndios, furtos ou roubos, que podem causar enormes prejuízos financeiros nos primeiros anos do seu empreendimento.

Essas dicas vão te ajudar a criar uma clínica terapêutica bem-sucedida. Quer ficar por dentro das novidades? Assine a nossa newsletter e não perca mais nenhum post!

Compartilhar esse post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *